Imagem e estilo são poderosas ferramentas de comunicação, no entanto, algumas vezes acabamos por desconsiderar sua real importância em nosso contexto social, emocional e profissional, seja por causa de uma rotina corrida ou até mesmo por “pré-conceitos” e relações errôneas  destes quesitos como supérfluos em nosso cotidiano.

No entanto, são justamente estes fatores que possuem maior influência em como você se percebe e também é percebida, o descuido com a própria imagem, quando se torna um hábito acaba por sinalizar um desencontro com a sua própria essência, sua personalidade e não raras as vezes gera conflitos entre o que desejamos transmitir e o que de fato estamos transmitindo.

Não é difícil compreender porque estamos sujeitos a julgamentos baseados na aparência. Se observarmos dados de estudos de neurociência,  80% da nossa percepção e registros de experiências sejam elas positivas ou negativas, são formuladas através da visão, gestos, expressões faciais, postura e demais informações que são expressas por nós consciente ou inconscientemente sem o uso de palavras.

 

Acredite, nenhuma ferramenta de estilo é mais assertiva que o autoconhecimento, saber quem realmente você é e o que você deseja transmitir ao mundo.

Abaixo disponibilizamos alguns itens para que você possa refletir e analisar se sua imagem atual está alinhada com as ideias que você busca comunicar, pessoal ou profissionalmente!

Estes itens são parte de uma ferramenta exclusivamente desenvolvida pela nossa diretora de estilo para a construção de uma imagem consistente e assertiva.

  • Imagem formal versus imagem casual: Determine o seu grau de necessidades diárias, se você trabalha em um ambiente formal em que precisa transmitir credibilidade e seriedade, observe se suas opções de composição para este fim são maioria diante das mais casuais. Analise se as cores e formas de suas peças facilitam ou dificultam suas atividades diárias.

  • Avalie a qualidade projetada pelo seu look: Observe se as reações das pessoas que normalmente você convive, são positivas ou se de alguma forma dificultam as suas atividades.  Imagem também é questão de postura e harmonização pessoal. Talvez o que você veste, lhe pareça adequado, no entanto se estiver desconfortável ou lhe causando algum tipo de incomodo, tenha certeza, o look não estará transmitindo algo positivo.
  • Conheça as SUAS cores, elas influenciam diretamente no seu humor e nas reações das pessoas que irão se aproximar não de você. Por exemplo, se você trabalha em um ambiente descontraído, esportivo ou ao ar livre e está sempre de preto, a longo prazo as pessoas tenderão a criar uma barreira de proximidade o que irá dificultar a sua empatia com o seu público.

Gostou das dicas? Quer saber mais ou sugerir algum assunto para ver aqui?

Fale conosco contato@pandah.com.br

Compartilhar

Fechar Menu